25 de abr de 2014

Girl, put your 90's records on


Ok, não vamos exagerar tanto. Não é qualquer banda feminina com som pesado ou alternativo surgida nos anos 1990 que pode entrar na categoria de riot grrrl, principalmente se você utilizar critérios mais rígidos, mas não dá pra negar que o movimento que trouxe o feminismo para dentro do rock vinte anos atrás abriu espaço para muitas outras grrrlsss (em alguns casos acompanhadas de boys) e duas delas estão de volta com música nova: Veruca Salt, que definitivamente está de volta, e Courtney Love que, dizem, ensaia um retorno do Hole.

Mesmo com discurso sobre questões feministas bem menos (ou quase nada) contundente que o de bandas como o Bikini Kill, Veruca Salt e Courtney Love/Hole ajudaram a ampliar a lista de bandas que colocavam as moças no centro da ação, ajudando a fortalecer na imagem (e também no som) aquilo que os grupos mais politizados faziam principalmente no discurso - e, aceite ou não, imagem ainda é algo importante nesse mundo para formação de valores e identidade.

Mas falando do que interessa neste post, o Veruca Salt apresenta a nova "Museum of Broken Relationships", lado B do relançamento do single de "Seether" (seu principal sucesso), que chegou às lojas neste mês em projeto especial para o Record Store Day. É um aquecimento para o novo álbum que a banda já confirmou que sai ainda este ano.

Já Courtney Love está de volta com "You Know My Name", primeira metade de um single de novidades que ainda vai revelar a inédita "Weeding Day". É que a cantora oferece até o momento para aquecer sua turnê que começa em maio, no Reino Unido. A controvérsia que Love costuma atrair pode gerar aquela indisposição para ouvir a novidade, mas lembre-se que um dia ela fez "Miss World", "Doll Parts" e "Violet" e dê uma chance a ela.

As duas faixas trazem aquele cheiro delicioso de anos 1990, conservando o DNA de seus respectivos trabalhos que o mundo conheceu duas décadas atrás.



0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.