18 de fev de 2014

Stones devem puxar a fila da invasão jurássico-roqueira que mira o Brasil

Num espírito "veja agora ou arrependa-se para sempre", Rolling Stones, com turnê já engatilhada, e AC/DC, que entregou que quer voltar aos palcos, podem ser duas grandes (e boas) atrações a ocupar uma data no calendário de shows no Brasil em breve. Alargando mais o calendário e apressando o passo para 2015, o The Who pode ser incluído na lista.

Após algumas especulações sobre um show para inaugurar a Arena Palmeiras, em São Paulo, os Rolling Stones finalmente abriram agenda para negociar shows na América do Sul, conforme antecipou o jornalista José Norberto Flesch, fonte primária quando o assunto é show internacional por aqui. Segundo Flesch, Mick e companhia disponibilizaram os meses de outubro e novembro para tentar encaixar datas no Brasil e em países vizinhos.    

Na próxima sexta (21), os Stones dão início à excursão que se negocia para o Brasil, a "14 On Fire Tour" em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. É a segunda (!!) turnê com ares de celebração pelos 50 anos da banda - ela vem na sequência de "50 and Counting", que passou por Estados Unidos e Europa entre o fim de 2012 e meados de 2013. O oba oba comemorativo, porém, pode estar com os dias contados, já que o baterista Charlie Watts desabafou que considera a banda velha demais para grandes turnês - o que dá uma aura de "agora ou nunca" para a possível quarta visita dos Stones ao Brasil.

Bem mais empolgado que Watts, Brian Johnson, saudoso dos quatro anos distante dos palcos com seu AC/DC, entregou nesta semana que a banda vai fazer turnê para comemorar seus 40 anos de história. Segundo Johnson, serão 40 shows. Não se falou em locais ou datas, mas o histórico recente do nosso mercado de shows internacionais permite expectativa para que sobre um lugarzinho para o Brasil.

Vale lembrar que na reta final de 2013, quando todo mundo só pensava nas calorias acumuladas com a ceia de Natal e sonhava acertar na Mega da Virada, circulou na internet um falso flyer com datas de uma suposta turnê comemorativa dos 40 anos da banda e quatro dos shows estavam previstos para o Brasil. No início de janeiro, um representante do grupo desmentiu a história, mas a declaração de Johnson leva a crer que o desmentido talvez fossem só panos quentes colocados em um projeto que, se ainda não está definido, ao menos começa a ser desenhado.

E para quem já esqueceu, Pete Townshend afirmou que o Who fará em 2015 sua última turnê, que vai celebrar os 50 anos da banda. A ideia, segundo o próprio, é incluir na rota lugares onde o grupo ainda não se apresentou e o Brasil se enquadra nessa categoria. No ano passado, a estreia da banda em solo brasileiro, com a tour de "Quadrophenia", chegou a ser cogitada, mas o Who continuou sem conhecer o Brasil. A declaração de Townshend renova as expectativas de quem aguarda o début da banda por aqui.

Pre-pa-ra o seu bolso.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.