1 de mai de 2014

No lançamento de "Ghost Stories", o Coldplay te convida a explorar um pouco da literatura de terror e fantástica


Em uma das ações promocionais mais legais já armadas para o lançamento de um disco, o Coldplay espalhou cada uma das letras das nove faixas de seu novo disco, "Ghost Stories", escritas à mão por Chris Martin, em nove bibliotecas da América do Norte, Europa, África e Oceania. Por meio de pistas enviadas pelo perfil da banda no Twitter, fãs foram convocados a encontrar o material, escondido em livros nas tais bibliotecas. Seguindo a linha do nome do álbum, todas as obras escolhidas para abrigar os versos das novas músicas são histórias de terror ou de mistério em algum grau. Há clássicos e autores mais contemporâneos, livros para o público adulto e infanto-juvenil. Veja a lista e escolha qual será sua próxima leitura:

"Um Conto de Natal" (1843), Charles Dickens 
Na Biblioteca Vasconcelos, no México, com a letra de "Magic"
Quase um grinch, o velho Scrooge recebe a visita do fantasma de seu falecido sócio às vésperas do Natal e vive uma experiência que pode mudar seus valores e comportamento.

"Ghost Stories" (2008), Peter Washington (org.) 
Na Biblioteca Nacional de Singapura, com a letra de "Another's Arms"
Sem edição em português, é uma coletânea de contos que abordam o tema da assombração sob diferentes perspectivas. O mais interessante é a lista de autores que figuram na seleção: Nabokov, Borges, Ray Bradbury e Guy de Maupassant.

"Mister B. Gone" (2007), Clive Barker 
Na Biblioteca Rikhardinkatu, na Finlândia, com a letra de "Always In My Head"
Diário de Jakabok Botch, filho de dois demônios que herdou as duas caudas do pai, teve sua face queimada e se envolve com uma mulher que, descobre-se, é um anjo. Sem tradução para o português.

"O Cão dos Baskervilles" (1902), Arthur Conan Doyle 
Na Biblioteca Santa-Creu, na Espanha, com a letra de "True Love"
Considerado o creme de la creme das histórias protagonizadas por Scherlock Holmes, a saga coloca o detetive para investigar a morte de um milionário, cujo corpo foi encontrado em um pântano. A suposição inicial é de ataque cardíaco, mas outras evidências apontam para conexões entre um cão-fantasma, uma maldição de família e uma lenda que pode se provar verdadeira.

"O Morro dos Ventos Uivantes" (1847), Emily Brontë 
Na Biblioteca Dartford, na Inglaterra, com a letra de "Oceans"
A história do amor intenso e impossível entre Catherine e Heathcliff que se desenvolve em uma dramática e complexa trama de família, filhos, irmãos, ciúme e vingança. A história envolve um certo fantasma, mas não cabe detalhar isso aqui por motivos de spoiler.

"Who's Haunting The White House?" (2008), Jeff Belanger 
Na Biblioteca Pública de Nova York, nos Estados Unidos, com a letra de "O"
Esse é para quem tem filhos, sobrinhos ou primos um pouco crescidinhos. Voltado para leitores com mais de dez anos, o livro explora mistérios, fantasmas e assombrações que teriam feito parte da história da Casa Branca ao longo de todas as administrações presidenciais - de George Wasignton a Obama (em edição mais recente). Sem edição no Brasil.

"A Assombração da Casa da Colina" (1959), Shirley Jackson
Na Biblioteca Municipal de Tauranga, na Nova Zelândia, com a letra de "A Sky Full of Stars"
O livro da autora norte-americana é considerado um clássico da literatura fantástica e de terror dos Estados Unidos. É a história de um parapsicólogo que reúne um grupo de pessoas em uma mansão supostamente assombrada a fim de provar a existência de fenômenos sobrenaturais no local. Há quem sugira que a obra foi uma das inspiralções de Stephen King para escrever "O Iluminado".

Ghosthunters and the Bloodthirsty Baroness! (2007)
Na Biblioteca Camelia Funke, na Irlanda, com a letra de "Midnight"
Feito para o público infanto-juvenil, é parte da série "Ghosthunters", uma espécie de Harry Potter, da Alemanha, país de origem da autora. No Brasil, a série ainda não ganhou tradução, mas outras obras da autora já ganharam edição em portuguÇes (caso das séries "Trilogia do Mundo de Tinta" e "Reckless")

Treasury of Ghost Stories (1996), Kenneth Ireland
Na Biblioteca de Joanesburgo, na África do Sul, com a letra de "Ink"
Antologia de contos de terror para crianças e adolescentes, combina contos folclóricos com histórias autorais. Sem edição em português.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.