31 de jan de 2014

O amor e o poder: Mrs. e Mr. Carter são os únicos artistas entre os poderosos da indústria

A revista Billboard, em sua edição norte-americana, publicou a Power 100, lista que aponta quem são as figuras mais poderosas da indústria fonográfica. Tal como representantes únicos de uma casta bastante privilegiada o casal Carter, a.k.a Beyoncé e Jay-Z, são os únicos artistas que aparecem na lista. E mais: eles ocupam juntos o primeiro lugar.

Deixaram pra trás executivos de gravadoras (37.1% dos nomes mencionados), inclusive a Roc Nation, pertencente a Jay-Z; representantes de produtoras gigantes do entretenimento que agenciam artistas e grandes turnês (21%), como a Live Nation; o alto escalão de grandes corporações de mídia (15.2%), como a CBS; e de grandes empresas que patrocinam a música de alguma forma (15.2%), como a Pepsi (que esteve envolvida no lançamento de uma das faixas do último disco de Beyoncé).

Em proporções bem menores, foram listados dirigentes de empresas de música digital (5.7%), como o Spotify; e de instituições ligadas à música (3.8%), como a Academia Nacional de Artes e Ciências da Gravação, responsável, dentre outras ações, pelo Grammy.

O curioso nisso tudo é notar que, ao mesmo tempo em que mais da metade da lista puxa a sardinha para gente que representa os modelos tradicionais de negócios da indústria do disco, endossando um status quo em crise, Beyoncé e Jay-Z foram condecorados com a primeira posição devido às estratégias inovadoras que ambos adotaram em 2013: Jay-Z disponibilizou gratuitamente para usuários de aparelhos Samsung, por cinco dias, seu disco "Magna Carta". Já Beyoncé fez o lançamento de seu quinto álbum, homônimo, em esquema de exclusividade com iTunes por uma semana. Em ambos os casos, diz a Billboard, além da inovação, houve uma valorização do formato disco, já que os fãs tinham apenas a possibilidade de acessar o álbum de uma vez só, sem direito a comprar ou ouvir faixas separadamente.

Veja a Power 100 na íntegra: http://www.billboard.com/biz/5869768/the-2014-billboard-power-100



0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.