2 de abr de 2013

Uma pausa nas modelos esqueléticas, nas trilhas sonoras e nas parcerias do tipo banda + estilista para falar de garotos. E de homens também. Aproveitando a ressaca do Lolla que não insiste em passar, vamos falar dos moços bonitos que subiram no palco do festival no último fim de semana e chamaram a atenção pela beleza, pelo visual e pela música também, vá lá.

Abrimos com o metrossexualismo de Brandon Flowers. A movimentação frenética do vocalista do Killers durante o show é inversamente proporcional ao cabelo cuidadosamente fixado com gel. O visual roqueiro de boutique mostra que o moço tem bom gosto para se vestir. E, apesar da cara de menino e da silhueta mignon, quando ele resolve tirar a jaqueta vemos que ele tem de presente braços discretamente definidos. Um charme a mais.



Ricky Wilson, do Kaiser Chiefs, com seu jeito indie arrumadinho de ser, chamou atenção pela jaqueta que eu gostaria de ter e pelos quilos a menos. Mas deixamos claro que amamos Ricky nas duas versões, bold e itálico.



Por fim, menção honrosa ao macho alfa da guitarra, ao deus da virilidade, Josh Homme. Como bom macho jurubeba que é, o que menos importa para ele e para nós é o que está vestindo, mas sua simples presença na praça obriga uma menção. Quem estava lá viu que a mulherada não economizou nos gritos de "gostoso" e na histeria. Ainda estamos todas sob efeito de Josh.


0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.