18 de fev de 2013


Em sua segunda parceria com grandes nomes da moda (a primeira foi em 2010, com Giorgio Armani), Rihanna apresentou ontem (17), na semana de moda de Londres a coleção que criou para a loja de departamentos inglesa River Island. São 120 peças, entre jeans, vestidos de noite e muitos tops que deixam a barriga de fora, que renderam a Rihanna mais de US$1 milhão pelo trabalho.

Este blog saiu por aí pela internet querendo saber as impressões da ~crítica especializada~ sobre o esforço da moça e achou o seguinte:

A Vogue norte-americana classificou a coleção de "surpreendentemente comportada" (tendo em vista o estilo habitualmente sensual da cantora), mesmo com a presença de saias e vestidos com fendas e tops cropped.



O jornal britânico The Guardian centrou a crítica na questão comercial da parceria. Logo de cara, o texto pergunta: "apenas mais uma celebridade embolsando dinheiro ou o nascimento de uma nova estilista?". Nessa linha, lembrou que, se a resposta for a segunda opção, Rihanna terá um caminho difícil pela frente: "A industria é notadamente cética em relação a estilistas inexperientes que colocam suas roupas na passarela". Para exemplificar, citou outras famosas que se aventuraram na moda e demoraram a receber reconhecimento, como Victoria Beckham e as gêmeas Mary-Kate e Ashley Olsen. Por fim, o jornal afirmou que as peças estão aquém para aqueles que buscam por novidade na moda.



O New York Times também não se impressionou com o que foi mostrado na passarela e afirmou que "não há nada estranho demais na coleção". Assim como o Guardian, o jornal norte-americano também debateu questões comerciais ao perguntar: "será que as peças vão vender igual água quando chegarem às lojas mês que vem, como os executivos da River Island esperam?". Para finalizar, a publicação antecipou que a cantora já trabalha em uma coleção de outono para a River Island.


0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.