20 de mai de 2009

Nos últimos meses, a indústria fonográfica e as "forças" que atuam a favor dela conseguiram uma série de vitórias significativas na batalha contra o seu inimigo número 1, o fã de música que compartilha música na rede. Relembrando:

16/03 - A comunidade do Orkut "Discografias" é fechada por pressões da APCM, a Associação Antipiratria de Cinema e Música
17/03 - A justiça Sueca condena os responsáveis pelo Pirate Bay a um ano de prisão.
13/05 - A França aprova lei que vai suspender o acesso à internet de quem fizer download ilegal

Enquanto isso - na verdade, num espaço de tempo muito menor - o "proletariado" dessa indústria, os músicos, dão continuidade a uma revolta cujo ápice foi o lançamento de In Rainbows, do Radiohead, em outubro de 2007 (a banda disponibilizou o disco para download na internet e deixou que os fãs definissem o preço a pagar pelo trabalho). Veja só as notícias com as quais me deparei nos últimos dias:

28/04 - The Gossip libera single na internet
01/05 - Dinossaur Jr. música na internet
01/05 - Coldplay distribuirá disco gratuito na internet e em concertos de 2009
07/05 - Green Day disponibiliza faixas do novo álbum na internet
09/05 - Novo disco do Móveis Coloniais de Acaju tem download gratuito
17/05 - Paul Banks, do Interpol, faixa na internet
18/05 - Modest Mouse libera duas faixas novas na rede

Conclusão: além de comprar briga com quem mais deveria agradar (o fã), a indústria ainda é desafiada pela atitude de artistas que entendem a nova forma de acesso à música. Em outras palavras, ela anda mal das pernas na relação com os empregados e com os clientes. Não há negócio que sobreviva desse jeito. Mesmo assim, ela ainda insiste em remar contra a maré. Quero ver até quando.

PS 1 - O Orkut já registra três comunidades com o nome "Discografias - O Retorno" que somam quase 250 mil usuários.

PS 2 - O Partido Pirata sueco, que defende a legalização da troca de arquivos pela internet, dobrou de tamanho depois da decisão judicial contra os donos do Pirate Bay e tem chances de conseguir uma cadeira no Parlamento Europeu.

PS 3 - A oposição francesa entrou com recurso no Conselho Constitucional contra a lei que pune internautas por baixarem arquivos alegando inconstitucionalidade.

PS 4 - Para quem gosta da polêmica que envolve o assunto, vale a pena acompanhar a série de entrevistas que o repórter e sub-editor da Carta Capital, Pedro Alexandre Sanches, publicou em seu blog com gente que defende cada um dos vários pontos da questão.

Nota: Pedro Alexandre anunciou em seu blog na última sexta (22) que não faz mais parte da equipe da Carta Capital desde quarta-feira (20). Uma pena. Seus textos vão fazer falta à revista. Que ele não demore a dar as caras no jornalismo.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.