20 de jun de 2014

Eles são uma banda videoclíptica

Tente mencionar o nome de uma música do Ok Go. Ou ao menos cantarolar. Talvez não seja tão fácil assim. Agora tente citar um clipe da banda. É provável que imagens mais marcantes surjam na sua memória - as coreografias improváveis na esteira, o plano sequência no estilo de abertura do Rá-Tim-Bum, os cachorros fofinhos.

Talvez um caso inédito na história, o Ok Go virou uma banda que se sobressai exclusivamente por causa de seus vídeos do que por suas músicas. E isso de modo algum é uma coisa ruim (e vamos ser justos, a música da banda é bem agradável). Já há umas duas décadas aproximadamente que o consumo de música tornou-se em, partes, uma atividade audiovisual, muito em função da MTV. O Ok Go é a coroação disso.

Nesta semana, a banda deu mais um passo no sentido da consolidação dessa condição com "The Writing on the Wall". Com a benção de Escher e Dali, o vídeo brinca o tempo todo com a ilusão de ótica em planos milimetricamente montados com pinturas, espelhos e umas parafernálias. E disseram uns anos atrás que o clipe estava na pior. Se isso está na pior, pohãn...

Veja o clipe:



0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.