11 de jan de 2011

A Globo estreia hoje, logo após o BBB, a microssérie "Amor em 4 atos", que transforma em teledramaturgia cinco composições de Chico Buarque: "Mil perdões", "Folhetim", "As Vitrines", "Ela faz cinema" e "Construção" (essas duas últimas combinadas em um mesmo episódio).

Eu, se tivesse a capacidade necessária, roteirizava "Você vai me seguir". Com uma atmosfera bem Nelson Rodrigues, a letra narra um amor doentio com desfecho trágico, o que daria um ótimo episódio "primo" da série "A vida como ela é", exibida pela mesma Globo nos anos 90, que adaptava textos de Nelson.



Você vai me seguir aonde quer que eu vá

Você vai me servir, você vai se curvar

Você vai resistir, mas vai se acostumar
Você vai me agredir, você vai me adorar

Você vai me sorrir, você vai se enfeitar
E vem me seduzir, me possuir, me infernizar
Você vai me trair, você vem me beijar
Você vai me cegar e eu vou consentir
Você vai conseguir enfim me apunhalar
Você vai me velar, chorar, vai me cobrir

E me ninar

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.